SOBRE NÓS

A MISSÃO DA ASSOCIAÇÃO FÉRIAS VIVAS

A Associação Férias Vivas realiza ações de mobilização e iniciativas de geração de conhecimento em prol da adoção de práticas seguras em atividades de turismo.

Nossa missão: Lutar pela conscientização e proteger vidas no turismo nacional.

A organização foi criada em 2002 para orientar o viajante e incentivar a prática segura de atividades no turismo nacional. Nos acidentes de turismo, fala-se em tragédia e casos fortuitos, mas estamos aqui para provar que essas ocorrências são resultado de um planejamento deficiente que coloca vidas em risco. Desde o início, trabalhamos para que o desenvolvimento turístico do país seja feito com segurança, ou seja, com a menor ocorrência de acidentes possível. Com o intuito de proteger vidas e orientar o maior número de pessoas em atividades de turismo e lazer, a Férias Vivas busca soluções em diversas frentes:
  • Disseminação de uma cultura de segurança entre viajantes por meio de orientação gratuita no site e nas redes sociais, palestras, participação em eventos e impressão de material didático.

  • Mobilização e integração de diversos setores da sociedade.
  • Recomendações a todos os setores do poder (Federal, Estadual e Municipal), por meio da participação em grupos de trabalho e projetos de desenvolvimento do setor.
  • Qualificação de profissionais de turismo com projeto de multiplicadores em polos turísticos.
  • Contribuição para a evolução da normatização no âmbito da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas como coordenador da Comissão de Estudo de Sistemas de Gestão da Segurança do Comitê Brasileiro de Turismo.
  • Acompanhamento da evolução da legislação com vistas à melhoria das condições do turismo conforme a Lei Geral do Turismo.

QUEM SOMOS

Uma rede de familiares e profissionais de turismo que se uniu com o propósito de sensibilizar as pessoas sobre a prevenção de acidentes nas viagens.

“Tudo começou em 2002, época em que não havia uma legislação que estabelecesse normas de segurança no turismo e sequer se falava sobre o assunto na imprensa. Esse silêncio me transtornou. No dia 24 de julho daquele ano, quando minha filha Vivi completaria 10 anos, ocorreu a festa de inauguração da Férias Vivas. Foram inúmeras ações e muitas parcerias para a criação de normas de segurança, divulgação de acidentes e conscientização. Foi o começo de uma nova vida para mim e uma grande homenagem para a Vivi.”  SILVIA BASILE – Fundadora da Associação Férias Vivas

MODELO DE ATUAÇÃO

A Associação Férias Vivas articula a sociedade para desenvolver a regulamentação do turismo por meio da conscientização e disponibilização de conhecimentos técnicos.

Como isso funciona? A partir da ocorrência de um acidente em atividade de turismo, trabalhamos para averiguar mais detalhes sobre o ocorrido de forma a identificar irregularidades que causaram o acidente. Em seguida, o desafio é mobilizar as pessoas envolvidas para avaliar, junto a órgãos governamentais e organizações de desenvolvimento do turismo, alternativas que sejam eficazes na correção do problema.

Quando um projeto de melhoria é iniciado, a Associação Férias Vivas oferece suporte para implementação das propostas de soluções e acompanha a evolução dos resultados. O levantamento feito durante esse processo é consolidado em um banco de dados e um relatório estatístico que são usados para embasar novas ações e políticas públicas para prevenção de acidentes.

Nosso objetivo é fomentar uma cultura de profissionalização do turismo que preze pela correção de irregularidades após acidentes que poderiam ser evitados. Para tanto, divulgamos as ações desenvolvidas de forma a incentivar que a solução encontrada seja multiplicada em outras regiões. A divulgação das informações também tem como objetivo sensibilizar o turista sobre a ocorrência de acidentes e conscientizar de que colocar em pauta a temática da prevenção de acidentes é o primeiro passo para impulsionar mudanças.

Já são mais de 20 anos de atuação. Cada dia um novo aprendizado, cada vida salva uma grande conquista!

linhadotempo

Falar sobre salvar vidas ao planejar uma viagem pode parecer um exagero para quem olha o mercado de turismo de fora. Porém, quem acompanha a Associação Férias Vivas sabe que a quantidade de guias piratas, hotéis irregulares e agências negligentes é gigantesca. A Associação Férias Vivas já acompanhou mais de 3960 acidentes de turismo. Suas causas estão relacionadas à falta de sinalização, à incapacitação dos profissionais locais e à imprudência de alguns turistas.

O que mais chama atenção é que 99% dos acidentes de turismo poderiam ser evitados.

Com a quantidade imensa de empresas na web, fica difícil para nós como turistas separar as empresas que são legítimas daquelas que estão colocando sua vida em risco. Conheça a consultoria da UPack Experiências e Vivências para montar a sua viagem com tranquilidade.

A UPack Experiências e Vivências apoia a nossa causa, pois acredita que o turismo e a segurança andam de mãos dadas. Trabalhamos em parceria para que cada atividade seja planejada de modo seguro e com responsabilidade. Parte do lucro da agência de viagens é destinado para manter as ações de conscientização realizadas pela Associação Férias Vivas.

Consultores

Aline Bammann

Associação Férias Vivas

Gestora de projetos e responsável pela comunicação institucional da Associação Férias Vivas, Aline Bammann possui experiência com projetos de alto impacto social. Sua trajetória profissional foi construída com uma forte ênfase em comunicação institucional e advocacy. Ela se dedica à elaboração de estratégias de sensibilização envolvendo a prevenção de riscos no setor de turismo. E possui larga experiência com palestras e campanhas de conscientização. Formada em Administração Pública, está se especializando em comunicação, informação e mídias pela Université Grenoble-Alpes.

Carla Minozzo

Férias Vivas Consultoria

Consultora especialista, Carla Minozzo liderou diversos projetos na área de gestão pública, como por exemplo o Planejamento Estratégico de Economia Criativa para a SDECTI/SP, enquanto esteve na Fundação Vanzolini. Foi consultora técnica e supervisora de campo do mapeamento das atividades e gastos de turistas para pesquisa de turismo internacional da FIPE/Mtur. Especialista em educação profissional, ações formativas e planejamento estratégico. Carla é graduada em Turismo pela ECA/USP e mestre em educação pela Universidade do Porto e pela Université de Reims.

Sabrina Saltori

Férias Vivas Consultoria

Consultora na Associação Férias Vivas, Sabrina Saltori dedica seu tempo à elaboração de artigos técnicos. No dia-a-dia, busca a democratização do conhecimento de temas voltados à gestão de riscos para o site da Férias Vivas. Desenvolveu sua experiência com gestão de projetos quando foi presidente do Interact Club de Jundiaí, patrocinado pelo Rotary Club. Enquanto estudante de bacharelado em Turismo, recebeu o prêmio Anhembi Honors da Universidade Anhembi Morumbi. Hoje realiza pesquisas acadêmicas sobre o tema da segurança turística com enfoque municipal.

Silvia Basile

Associação Férias Vivas

Diretora-presidente da Associação Férias Vivas, Silvia Basile é reconhecida nacionalmente pela sua participação na criação de padrões internacionais de segurança no turismo. É coordenadora da norma ABNT NBR ISO 21.101 Sistema de Gestão de Segurança para Turismo de Aventura e foi responsável pelo primeiro projeto de implementação dos protocolos de gestão da segurança em Socorro/SP. Contribui com sua expertise para o desenvolvimento de ações de segurança turística. Silvia é arquiteta de formação e possui MBA em Direção de Empresas pela Fundação Armando Álvares Penteado.

“Se a gente conseguiu em todos esses anos salvar uma vida humana, valeu a pena! É esse que é o motor de todo esse projeto: salvar vidas humanas.”

SILVIA BASILE • Fundadora da Associação Férias Vivas
0 Anos
de atuação
0
Pesquisadores e voluntários
+0
Casos acompanhados

INFORMAÇÃO SALVA VIDAS

A Associação Férias Vivas criou um portfólio de ações voltadas para a disseminação do turismo consciente. No site da ONG  é disponibilizada uma biblioteca dedicada ao tema, com dicas de prevenção e segurança, artigos de gerenciamento de risco, análises sobre a legislação vigente, assim como orientações jurídicas para as famílias vítimas de acidentes.

Recentemente, lançamos o aplicativo Eu Vivi Esta Experiência, uma ferramenta colaborativa que melhora a experiência dos turistas nas viagens e contribui para o aumento da segurança das atividades turísticas.

Projetos