Atividade – Montanhismo 2018-01-05T19:38:25+00:00

Montanhismo

É a escalada de paredes e montanhas rochosas ou de gelo (o que não é o caso no Brasil). Iniciou-se no final do século XVII com a escalada do Mont Blanc na França.
Desde 1910 é praticado no Brasil através das seguintes modalidades: escalada em rocha, que pode ser realizada em grandes paredes denominadas Big Wall, ou em pequenas paredes visando maior dificuldade na rota. A escalada em rocha de pequenas paredes pode ser subdividida em escalada tradicional e escalada esportiva. Temos ainda a escalada de boulders, onde se escala pequenas blocos de rocha de pouca altura e boa base que possibilitam a escalada sem equipamento de proteção, apenas com o apoio de um parceiro; e a escalada em muro, estruturas artificiais, hoje bastante difundida em espaços urbanos.

Equipamento de Segurança

Equipamento Pessoal

  • Máscara
  • Mochila de 35 a 75 litros
  • Saco de dormir 0º e barraca para atividades de mais de 1 dia
  • Isolante térmico
  • Capa de mochila
  • Alimentação
  • Sapatilha especial
  • Capacete com fitas para suporte em três pontos
  • Roupas folgadas, de tecidos resistentes leves e de secagem rápida
  • Agasalho corta vento e impermeável
  • Muda de roupas
  • Cantil
  • Lanterna com pilhas extras

Equipamento Coletivo

  • Cinto abdominal
  • Corda de nylon 100% poliamida, dinâmica, homologada pela UIAA (União Internacional de Associações de Alpinismo)
  • Aparelho de freio homologado, tipo oito, atc ou similar
  • Mosquetões de rosca para o freio e ancoragens
  • Mosquetões para costura suficientes para a escalada
  • Fitas de nylon para costuras e ancoragens
  • Equipamento de proteção móvel, quando necessário
  • Cordeletes nylon 100% poliamida para blocantes de emergência
  • Kit de Primeiros Socorros
Montanhismo by Denis Lopes CC

Boa prática 1

Montanhismo exije preparo físico. Pratique exercícios aeróbicos frequentemente e certifique-se de que está em condições para completar sua aventura.

Montanhismo by Denis Lopes CC

Boa prática 2

Verifique sempre a previsão do tempo antes de sair.

Montanhismo by Denis Lopes CC

Boa prática 3

Em montanhas altas, observe os sinais do seu corpo. Antes de Subir a uma nova altitude, reserve tempo para se aclimar.

Principais riscos da atividade

    Grandes quedas, torções, insolação, hipotermia, fortes mudanças climáticas e avalanches. Equipamentos inadequados e práticas de segurança ultrapassadas também podem causar acidentes.

Dicas de Segurança

    Quando a escalada for em vias com equipamentos de proteção fixa, avalie seu estado. Mesmo assim as ancoragens de parada e boulders deverão receber proteção dupla. Estabeleça um programa de emergência e resgate. Procure sempre um bom curso, com instrutores credenciados. Realize a atividade com um monitor ou instrutor local com notório conhecimento da região.

Códigos de conduta
Introdução
As montanhas são uma fonte importante de água, energia e diversidade biológica. Além disso, fornecem recursos fundamentais como minérios, produtos florestais e produtos agrícolas e são fonte de lazer. As montanhas são extremamente vulneráveis ao desequilíbrio ecológico, tanto natural como provocado pelo homem. É fundamental quilíbrio provocado pelo homem. É fundamental haver informações específicas sobre seu ecossistema, seu potencial de recursos naturais e suas atividades sócioeconômicas. Dessa forma, nenhuma escalada a montanha deve transgredir as leis de proteção ambiental.

Planejamento e supervisão das atividades
Conheça os regulamentos e precauções especiais da área que irá visitar. Prepare-se para condições meteorológicas extremas, acidentes e emergências. Empacote e reutilize sobras de alimentos para minimizar desperdício.
Utilize mapa, bússola ou GPS para eliminar a necessidade de marcas de tinta, totens de pedra, fitas, etc.
Escolha as atividades que você vai realizar e informe seu grupo identificando o condicionamento físico e nível de experiência de cada um.
Calcule o tempo total que passará viajando e deixe um roteiro da viagem com a base, com instruções para acionar o resgate, caso necessário.
Avise a administração da área visitada sobre sua experiência, o tamanho do grupo, o equipamento que está sendo levado, o roteiro e a data esperada de retorno. Tenha certeza que você dispõe do equipamento apropriado para cada situação. Acidentes e agressões à natureza em grande parte são causados por improvisações e uso inadequado de equipamentos.
Durante uma conquista observe o posicionamento dos pontos de segurança, de modo que em hipótese de queda, o escalador não toque o solo, arestas ou saliências.
Utilize dupla proteção nos pontos de parada diminuindo a ocorrência de acidentes. Tenha obrigatoriamente treinamento em primeiros socorros e conhecimento dos principais hospitais ou centros médicos da região.

Uso dos caminhos
Saia em grupos pequenos. Grupos grandes geram maior impacto que vários pequenos separados entre si. Evite caminhar sobre solo molhado.
Não permita mascotes como cães ou gatos. Estes podem alterar a fauna local. Mantenha baixo o nível de ruído. Ruídos estranhos alteram o comportamento da fauna e atrapalham pedidos de socorro.
Faça os descansos fora da picada e em lugares com pouca vegetação. Mantenha-se em trilhas pré-determinadas, em hipótese alguma abra novos caminhos. Não corte a vegetação.

Zonas de acampamento
Acampe em lugares permitidos adotando as técnicas de mínimo impacto. Remova todas as evidências de sua passagem. Não deixe rastros.
Não queime nem enterre o lixo, sempre traga-o de volta.
Deixe tudo como foi encontrado, não permitindo que o grupo traga “lembranças”. Para cozinhar, utilize um fogareiro próprio para acampamento. Para iluminar utilize um lampião. Não faça fogueiras. Se absolutamente necessário, tenha absoluta certeza de que a fogueira está completamente apagada antes de abandonar a área.

Coluna do Especialista

    Você é prestador de turismo?

    Conheça as normas de segurança, certifique-se e seja nosso parceiro!

    Vai viajar?

    A conexão do Montanhismo com a natureza faz do Brasil um lugar perfeito para a prática. Temos diversas regiões a serem exploradas:

    • Manaus – AM
    • Monte Roraima – RR
    • Santarém – PA
    • Porto Velho – RO
    • Lençóis Maranhenses – MA
    • Serra do Capivari – PI
    • Fortaleza – CE
    • Natal – RN
    • Araruna – PB
    • Recife – PE
    • Delmiro Gouveia – AL
    • Jalapão – TO
    [/fusion_builder_column_inner]
    • Chapada Diamantina – BA
    • Chapada dos Guimarães – MT
    • Chapada dos Veadeiros – GO
    • Bonito – MS
    • Serra do Cipó – MG
    • Domingo Martins – ES
    • Rio de Janeiro – RJ
    • Socorro – SP
    • Brotas – SP
    • Foz do Iguaçu – PR
    • Florianópolis – SC
    • Serras Gaúchas – RS

    Princípios de primeiros socorros


    • Invista em prevenção: tenha material de boa qualidade, faça cursos de primeiros socorros e exija que os guias e marinheiros tenham noções de primeiros socorros.
    • Em caso de acidente, sinalize o local e procure torná-lo seguro. Não se torne mais uma vítima.
    • Não mexa no acidentado, a menos que você tenha o conhecimento necessário.
    • Chame ajuda, acionando a marina, clube ou entidade desportiva náutica.
    Mais informações:

    COSMO – Corpo de Socorro em Montanha
    
Federação de Montanhismo do Estado de São Paulo
    Marumby Montanhismo, Assessoria e Treinamentos

    Para verificar se uma empresa de turismo é registrada, consulte o site do Ministério do Turismo www.cadastur.turismo.gov.br