Project Description

FOZ DO IGUAÇU

O QUE SABER ANTES DE IR

Fazer turismo em Foz do Iguaçu é se proporcionar um momento de conexão com a natureza em que você desafia seus limites em atividades pré-programadas. Se for prestada por profissionais qualificados, os riscos de acidentes diminuem drasticamente e o passeio se torna pura curtição.

A sua segurança depende da empresa contratada e da infraestrutura do destino visitado. Mas a falta de fiscalização deixa o turista correr riscos desnecessários. Além disso, permite que muitos estabelecimentos operem sem sequer saber que há regras mínimas obrigatórias de segurança.

Estes estabelecimentos não estão preocupados em atuar de forma legalizada, e muito menos em treinar suas equipes, realizar manutenção de seus equipamentos ou zelar pelas famílias que hospedam. Profissionais que não possuem qualificação não sabem reconhecer uma situação de risco e não estão aptos para imprevistos e emergências.

Você sabia que existe uma norma criada para definir regras de segurança para passeios de aventura?

Pergunte se a empresa que vai prestar os serviços está operando dentro da norma ABNT 21.101. Esta é a norma que define os requisitos de Sistema de Gestão de Segurança para o turismo de aventura.

Caso não receba orientações sobre a sua segurança ou caso tenha a impressão de que o local está descuidado, desista do passeio. E, principalmente, não escolha só pelo preço. No turismo, o barato sai caro! Fique sempre atento à capacitação dos profissionais antes da contratação de sua viagem. Uma empresa que trabalha com segurança e com profissionais credenciados oferecerá maior tranquilidade para a sua viagem.

DICAS PRECIOSAS

  1. Quem possui costume de viajar sozinho não deve se esquecer de informar alguém sobre seus planos. Esta medida de precaução será essencial em caso de emergências.
  2. Sempre fique atento às condições climáticas no período de sua viagem, se estiver com o tempo nublado melhor procurar passeios que não sejam na natureza.
  3. Nas férias, mantenha os mesmos cuidados que toma no dia-a-dia. Certifique-se que você está em boas condições físicas e mentais para realizar as atividades.
  4. Busque uma agência de viagem que se preocupa com sua segurança.

Falar sobre integridade física ao planejar uma viagem pode parecer um exagero para quem olha o mercado de turismo de fora. Porém, quem acompanha a Associação Férias Vivas sabe que a quantidade de guias piratas, hotéis irregulares e agências negligentes é gigantesca.

A Associação Férias Vivas já acompanhou mais de 3860 acidentes de turismo. Suas causas estão relacionadas à falta de sinalização, à incapacitação dos profissionais locais e à imprudência de alguns turistas.

99% dos acidentes de turismo poderiam ser evitados.

Com a quantidade imensa de empresas na web, fica difícil para nós como turistas separar as empresas que são legítimas daquelas que estão colocando sua vida em risco. Conheça a consultoria da UPack Experiências e Vivências para montar a sua viagem com tranquilidade.

A UPack Experiências e Vivências apoia a nossa causa, pois acredita que o turismo e a segurança andam de mãos dadas. Trabalhamos em parceria para que cada atividade seja planejada de modo seguro e com responsabilidade. Parte do lucro da agência de viagens é destinado para manter as ações de conscientização realizadas pela Associação Férias Vivas.

FOZ DO IGUAÇU – PARANÁ

Um destino ideal para viajar em família: Foz do Iguaçu oferece uma conexão direta com a Mata Atlântica e a observação de diversas espécies pode ser feita no Parque das Aves. O atrativo é um dos mais visitados do país, recebendo mais de 900 mil pessoas por ano.

Foz do Iguaçu preparou a retomada gradativa do Turismo com adoção de protocolos de segurança sanitária específicos para cada uma das atividades. A prefeitura realiza a certificação das atividades turísticas que cumprem protocolos sanitários. As visitas de certificação incluem os meios de hospedagem e os principais atrativos turísticos: Parque Nacional, Parque das Aves e Complexo Turístico de Itaipu.

O Parque Nacional do Iguaçu, onde o turista pode contemplar as Cataratas do Iguaçu, reabriu em junho, chegou a fechar novamente e retomou a visitação pública dia 4 de agosto de 2020, seguindo os protocolos da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e, em especial, do Decreto Municipal 28.337, de 22/7/2020, que estabeleceu todos os procedimentos de controle sanitário para os atrativos da cidade.

PROGRAME-SE: os ingressos para visitar o Parque Nacional do Iguaçu são vendidos exclusivamente on-line no site www.cataratasdoiguacu.com.br.

Para planejar melhor sua viagem, confira o site da FOZ 360 e visite virtualmente cada atração!

Busque se informar sobre atualizações de abertura e protocolos de segurança de cada local visitado diretamente com os operadores. Este artigo foi escrito com informações da H2Foz e dos sites institucionais de cada atrativo em 12 de agosto de 2020. 

“Certificar é reconhecer aqueles que se esforçaram para se adequar à nova normalidade que o momento exige. O certificado de segurança sanitária, que trará consigo o selo de ambiente seguro, será o nosso cartão de visitas daqui por diante. Vai mostrar que aqui em Foz do Iguaçu praticamos o turismo consciente e responsável”
GILMAR PIOLLA • Secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos
0 Anos
de atuação
0
Pesquisadores e voluntários
+0
Casos acompanhados

INFORMAÇÃO SALVA VIDAS

A Associação Férias Vivas criou um portfólio de ações voltadas para a disseminação do turismo consciente. No site da ONG  é disponibilizada uma biblioteca dedicada ao tema, com dicas de prevenção e segurança, artigos de gerenciamento de risco, análises sobre a legislação vigente, assim como orientações jurídicas para as famílias vítimas de acidentes.

Recentemente, lançamos o aplicativo Eu Vivi Esta Experiência, uma ferramenta colaborativa que melhora a experiência dos turistas nas viagens e contribui para o aumento da segurança das atividades turísticas.

Projetos